Depoimento

A Acupuntura e a Medicina Tradicional Chinesa foram um divisor de águas em dois momentos da minha vida.

O primeiro foi há 26 anos, quando tinha fortes cólicas e enxaqueca. Era início da adolescência e já tomava medicamentos de “tarja preta”. Minha mãe resolveu me levar para ser atendida com acupuntura pelo mestre de Tai Chi Chuan, Carlos Sallaberry, que já havia a atendido por conta de uma dor na lombar após anestesia raquimedular do parto do meu irmão, e nunca mais sofrera de dor. Eu tinha muito medo de agulhas, como a maioria das pessoas, mas minhas dores eram tão intensas e a vontade de melhorar era ainda mais forte, que comecei o tratamento. E olha que nem doeu assim as “agulhadas”, a nossa mente imagina além da conta. Foi um olhar para dentro de mim, me conhecendo e conhecendo a Medicina Tradicional Chinesa. Desde então, todas as orientações sobre o Tao, os Cinco Elementos e Yin/Yang foram seguidas dentro da minha casa, junto com minha família, que entrou nesse novo universo.

O segundo momento foi ao trabalhar como fisioterapeuta, percebi que a recuperação dos meus pacientes estagnava em dado momento. O mestre Carlos, sempre próximo, me aconselhou a fazer especialização em Acupuntura e Medicina Tradicional Chinesa. Como eu já conhecia os conceitos de Yin/Yang e Cinco Elementos, através do meu tratamento e da prática de Tai Chi Chuan, embarquei nessa viagem para não voltar igual nunca mais. O encantamento com o aprofundamento do olhar sobre cada paciente e cada patologia, e como cada corpo funciona e reage unicamente, ainda acontece até hoje. Costumo dizer que a Acupuntura não muda o jeito do corpo funcionar, mas faz com que ele funcione da melhor maneira possível, dentro de cada ser.

Melissa Yoshie Yamaoka
Fisioterapeuta

Juanne Maktub

Avenida Copacabana, 325 - Sala 1617 - 18 do Forte - Barueri.

download.jpg
insta.png
face.png

© 2019 Juanne Maktub by

DMW-Digital Marketing